When:
2 January, 2020 @ 15:21 – 16:21
2020-01-02T15:21:00+00:00
2020-01-02T16:21:00+00:00


Acolhimento Teatro do Noroeste

Dramaturgia e encenação: Ana Perfeito
10 de outubro | 21h30
Conversa no final do espetáculo
Espetáculo para maiores de 6 anos
Duração: 45 min

Tickets

Devido à situação epidemiológica atual é obrigatória a reserva e levantamento antecipado dos bilhetes (damos preferência à compra online)
Bilhetes disponíveis na Ticketline, Fnac e Worten
info@oteatrao.com

Bojador

 
Em 1961, uma Mãe, escritora, e um dos seus cinco filhos, embarcam numa aventura de Descobertas. A partir de uma peça de Teatro que ela começou a escrever, que retrata o ano de 1434 e a passagem do Cabo Bojador (para muitos impossível), surge um conjunto de desafios, num palco improvisado: uma sala com uma janela virada para o Mundo. Descobrir este Mundo requer apenas ir além do medo e, em conjunto, tentar sempre chegar mais longe!…
 

DA ENCENAÇÃO E DO ESPETÁCULO
A dificuldade, ou melhor, o desafio, era fazer uma adaptação de “O Bojador” de Sophia de Mello Breyner Andresen, para 2 atores, a ser apresentada nas Escolas do 3º Ciclo. A peça, escrita em 1961, passa-se em 1434 e tem 9 personagens! Inspirada na cena inicial, na qual uma mãe e um filho observam o Infante D. Henrique de costas a ver o mar, parti para o ponto seguinte: porque não ser a própria Sophia e 1 dos seus 5 filhos a “brincar” com “O Bojador”? E assim foi: o Miguel (à época com 11 anos), acompanha a sua Mãe na representação e na escrita deste texto baseado nos Descobrimentos.
Sendo também encenadora do espetáculo, as coisas acabaram por ser indissociáveis e muitos elementos da adaptação e encenação foram surgindo nos ensaios, no trabalho direto com os atores – Mané Carvalho (Sophia) e Pedro Roquette (Miguel). Foi feito um trabalho de pesquisa a nível documental sobre estas duas “personagens reais”, mas acima de tudo, um trabalho criativo de relação entre uma Mãe e um Filho e da importância do jogo no desenvolvimento das suas ligações, com uma ponte direta para a importância do jogo no Teatro.
Ao longo do processo criativo, a cenografia foi um fator essencial. Em conjunto com Ricardo Sá, aluno do Mestrado em Design Integrado (Licenciatura em Design do Produto) da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (Instituto Politécnico de Viana do Castelo), foram idealizadas 1 mesa, 1 cadeira e 1 banco, com o fator prático de terem dimensões e estrutura que permitissem o transporte na digressão, mas sobretudo que oferecessem simbolismo e jogo ao espetáculo.
É uma – ou várias – viagens no tempo, por vários espaços – reais ou fantasiosos… Uma multiplicação de possibilidades onde o limite é apenas a imaginação!
Ana Perfeito

 

Cast and Production Team

Dramaturgia e encenação · Ana Perfeito
Cast · Mané Carvalho e Pedro Roquette
Scene Design · Ricardo Sá (MeDeIn – ESTG/IPVC)
Guarda-roupa · Casa de São José
Light Design · Ana Perfeito
Seleção Musical · Tiago Fernandes
Videografia · Luís Lagadouro
Desenho Gráfico e Fotografia de Cena · Rui Carvalho
Construção Cenográfica · Oficina Criativa ESTG, Double Concept Bar (protótipos) Carpintaria Rocha (mesa), Neves Magalhães, Lda – Cadeiras e Móveis (cadeira e banco), José Esteves, Alexandre Calçada
Produção executiva · Adriel Filipe

 

 

Comprar Bilhetes

 

Consulte Plano de Contigência COVID-19 da OMT