Quando:
30 Agosto, 2019@18:38_19:38
2019-08-30T18:38:00+01:00
2019-08-30T19:38:00+01:00

Teatro

1 a 3 de novembro · sex a dom
OMT
sexta e sáb: 21h30
dom: 18h
4€ diário
10€ geral

+ info

reservas@
oteatrao.com

ou
912511302

Aluvião: Teatro e Comunidade no Baixo Mondego

 
Diz-nos o dicionário que aluvião pode ser a matéria sedimentar que se acumula pela ação das correntes, uma inundação, ou até mesmo grande multidão que avança ou invade. Para nós é também a mostra de teatro amador do Baixo Mondego. Acontecerá anualmente na OMT e, para além de espetáculos, colocará amadores e profissionais a discutir teatro. Nesta primeira edição lançará o programa de apoio e acompanhamento do Teatrão AMADORES DO CORAÇÃO.

 

O Doido e a Morte” de Raúl Brandão · Trailaró – Teatro A.C.S.S.
1 de novembro · 21h30

“Neste trabalho mostramos a falência de Governantes incapazes, que apenas olham em proveito próprio, sem consciência do mundo que os rodeia. Quem vem demostra-lo, é um Senhor Milhões com um discurso convincente, mas uma visão catastrófica de acabar à bomba com os males do Mundo.”

Ficha Técnica

Elenco · João Francisco, João Rui Baptista, Rui Almeida, Susana Lapo, Telma Cardoso
Luz e som · Luís Vicente, Cesário Branco
Aúdio e vídeo · Margarida Santos
Cartaz · Maria João Almeida

 

“Maria, Senhora de Mim” · Pateo das Galinhas – Grupo de Teatro Experimental da Figueira da Foz
2 de novembro · 21h30

“A peça retrata três mulheres, três vidas. Um passado que se revisita e um presente que magoa. O desencanto, a aceitação, a entrega, o corpo que se vende e o amor. Verdadeiro, mas traído. Porque a existência obriga, a solidão arrasta, a vontade enfraquece.”

Ficha Técnica

Texto · António Tavares
Encenação e cenografia · Ricardo Kalash
Intérpretes · Helena Adão, Isabel Cardoso, Lígia Bugalho, José Fonseca, Rui Féteira
Luz · Luís Ferreira
Figurinos e adereços · Filomena Praça
Cartaz · Seixas Peixoto
Produção · Pateo das Galinhas 2016 (10.a Produção)
Fotografia · Carlos Furtado, Mauro Correia e Nuno Caetano

 

Filho do Primogénito – Tributo a Camilo · CITEC – Centro de Iniciação Teatrão Esther de Carvalho
3 de novembro · 18h

A performance poética centra-se na vida e obra de Camilo Jesus Barbosa, poeta popular de Montemor-o-Velho, cruzando histórias da vida local com temas musicais da época.
“Foi um homem dos sete ofícios, mas nem sempre bafejado pela sorte. Porém, ao longo da sua vida manteve sempre um amor perene à sua terra natal. É este exemplo que se pretende partilhar!”

Ficha Técnica

Concepção e direcçãoo · Deolindo L. Pessoa
Intérpreteso · António Rui Santos, Carlos A. Cunha, Custódio Monteiro, Joaquim Argel, José Maria, Judite Maranha, Maria José Costa, Maria São José, Ofélia Mascarenhas e Raquel Nobre
Montagemo · António Rui Santos e Guilherme Barbosa