Quando:
24 Agosto, 2020@14:06_15:06
2020-08-24T14:06:00+01:00
2020-08-24T15:06:00+01:00


Seminário Rede Artéria

26 e 27 de novembro de 2020
Auditório Municipal de Belmonte

 

Informações

p.pedagogico@oteatrao.com
redearteria@gmail.com
914265186

Estratégias para inventar o futuro: o interior em análise no pós-pandemia

Rede Artéria

É possível adivinhar o potencial de alguns territórios remotos e de baixa densidade, onde as possibilidades de criação de emprego diferenciado, de valorização de recursos materiais e imateriais e de criação de sentido de comunidade são mais verossímeis do que em algumas regiões densamente povoadas. A situação de confinamento decorrente da crise pandémica resultante do impacto da COVID-19 reforça a necessidade de olharmos para estas zonas de um outro ponto de vista e percebermos alguns dos seus potenciais menos revelados. Em primeiro lugar, a noção de inovação poderá ser ampliada. Tradicionalmente, a inovação tende a ser reduzida à investigação e desenvolvimento (I&D) que acontece a partir dos grandes centros urbanos. Mas a inovação acontece também nos territórios do interior, de outras formas e com outras escalas, possibilitando diferentes articulações com igual impacto. A cultura, como atividade, como política ou espaço de intervenção e de discussão, pode criar condições para repensar estes territórios a partir de perspetivas inovadoras. No seguimento da criação do espetáculo CAMINHO, de Filipa Francisco para a Rede Artéria/Município de Belmonte, propomos um seminário que coloca a produção de conhecimento académico em direta relação com a comunidade para discutir possibilidades de pensar de forma inovadora os territórios do interior português e o papel da cultura no desenho de novos paradigmas de desenvolvimento.