Quando:
3 Janeiro, 2019@13:06_14:06
2019-01-03T13:06:00+00:00
2019-01-03T14:06:00+00:00

Teatro

27 mar a 19 abr
qua a sáb · 21h30
dom · 19h00
Sala Grande
4€ a 10€
aprox. 1h45 min
m14

+ info

reservas@
oteatrao.com

ou
912511302

Ricardo III

Sinopse

Acabou a guerra entre os Iorque e os Lencastre, e tudo é festa na Inglaterra, para descontentamento de Ricardo, terceiro na linha de sucessão do trono. Na sua corrida para ser rei no lugar do irmão mais velho, Ricardo faz inúmeras vítimas, entre elas irmãos e sobrinhos. Sem a proteção dos homens, quatro figuras da corte têm de escolher de que lado estão na disputa pela coroa. A própria mãe, a Duquesa de Iorque, renega Ricardo. A atual rainha, Elizabeth, casada com o irmão mais velho de Ricardo, tenta denunciá-lo e, depois de enviuvar, finge aliar-se a ele. Margaret, a rainha deposta, que viu os Iorque matar o marido e o filho, deseja vingança. A nora de Margaret, a ex-princesa Anne, casa com Ricardo, apesar de ser ele o responsável pela morte do marido. Divididas e hesitantes, as quatro mulheres unem-se em torno de um desejo comum: a queda do infame Ricardo III, comparado a um galo de luta, a um cão danado, a um porco selvagem, a um cavalo ferido.
   

A ação decorre no Séc. XV, na Inglaterra, mas poderia ser em Portugal (afinal estes Lencastre são os mesmos da família de Filipa de Lencastre, casada com D. João I, o Mestre de Avis), em qualquer momento da história em que, enquanto há festa, alguém conspira para tomar o poder. 
 
As quatro atrizes deste espectáculo tentam apropriar-se dos pensamentos, palavras, atos e omissões das quatro rainhas da peça de Shakespeare. Crentes de que conseguirão descobrir o melhor caminho para sobreviver às aparentes paz e prosperidade trazidas pelo fim da crise, mas igualmente crentes de que será preciso alguém com muita força para governar o país quando a crise vier de novo, estas mulheres farão de tudo. Entregues aos festejos, às tarefas domésticas, aos negócios particulares, à administração das casas, à reunião de condomínio, às feiras de artesanato, à banca gourmet, ao check-in no airbnb, às redes sociais, às capas de revista, aos programas da manhã, aos reality shows, à cartomancia, à quiromancia e à necromancia, estas mulheres terão de se desunhar para sobreviver quando a crise voltar, como todos sabem que vai voltar. A maior luta que irão travar, porém, será para se libertarem dos preconceitos e estereótipos que as aprisionam ao seu papel de mulher, tanto na ficção quanto na realidade. Só aí terão deposto o fascista Ricardo III que há em cada um de nós (e delas). Haja fé.

Ficha Técnica e Artística

Dramaturgia · Jorge Louraço Figueira
Encenação · Marco António Rodrigues
Interpretação · Cláudia Carvalho, Isabel Craveiro, Margarida Sousa e atriz a anunciar
Cenografia e figurinos · Filipa Malva
Assistência de Cenografia · Ana Bárbara Queirós
Desenho de luz · Jonathan Azevedo
Sonoplastia · Rafael Silva
Design gráfico · Paul Hardman
Fotografia · Carlos Gomes
Cabeleireiro · Carlos Gago (Ilídio Design)
Construção de Cenário · José Baltazar
Costureira · Fernanda Tomás
Direção de produção · Cátia Oliveira
Direção técnica · Jonathan Azevedo
Comunicação · Margarida Sousa e Raquel Vinhas
 
Teatrão 2019