When:
24 August, 2020 @ 14:12 – 15:12
2020-08-24T14:12:00+01:00
2020-08-24T15:12:00+01:00


11 junho
EB1 Dianteiro
 
17 junho
EB1 Casais de Vera Cruz
 
22 junho
EB 2/3 Rainha Santa Isabel
 
23 junho
JI e EB1 Ingote
 
24 junho
JI e EB1 Arzila
 
29 e 30 de junho
JI e EB1 Póvoa
 
Com o apoio do Município de Coimbra

Ilse, A Menina Andarilha

 
A nova produção do Teatrão, estreada a 22 de abril, termina no mês de junho a ida as escolas do 1º ciclo do concelho de Coimbra. Esta digressão é feita em parceria com o Município de Coimbra, pensada para estimular o interesse pela obra de Ilse Losa e apresentada com todas as condições de segurança
 
“… As páginas das suas obras não contam histórias de revoltas, nem nos falam de personagens vingativas. São antes, acima de tudo, paisagens sucessivas, com coisas e com pessoas que o destino obrigou a abandonar, para logo fazerem surgir outras paisagens com outras novidades e outras gentes…”
MARQUES, Ana Isabel in Paisagens da Memória, 2001
 
Synopse
Neste espetáculo estamos sempre a percorrer caminhos. Entre a aldeia e a cidade, a montanha e a planície, a memória da infância e o desejo de futuro traçamos os lugares que permitem encontrar a Maria Ana e a D. Emília, as vizinhas de Flor Azul, que vivem numa rua estreitinha. Também encontramos Um Artista chamado Duque, o cavalo vindo de Shetland, que trabalha com uma troupe de saltimbancos ou O Bonifácio, o papagaio -cantor do taxista Sr. Vicente. Cruzamo-nos com Dandy, o cão que roía toda a casa e se torna num estudioso do Império Romano. Caminhamos entre carvalhos, plátanos ou tílias, respirando os tempos da terra. São caminhos de memória, que ajudam a nunca esquecer como voltar a casa e a fazer nascer a vontade de continuar a andar.
 

Ilse Libeblich Losa(1913-2006), escritora e tradutora, nasceu em Bauer, uma pequena freguesia de Osnabrück, na Alemanha. De ascendência judaica, radicou-se na cidade do Porto em 1934, contraindo matrimónio com o arquiteto Arménio Losa. Com o casamento, Ilse Losa adquire a nacionalidade portuguesa e o convívio da Autora com nomes da vida intelectual e cultural portuense intensifica-se.
 

A sua colaboração na imprensa inicia-se nos finais dos anos quarenta, na revista Vértice e, mas será a partir de 1949 que se apresentará ao público português como escritora. Em 1973, Ilse Losa foi professora convidada de Literatura para a Infância e a Juventude na Escola do Magistério Primário do Porto (ex-Escola Normal e atualmente Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo – ESMAE).
 

Após esta experiência de lecionação, continuou a produzir o que hoje podemos chamar um legado plurifacetado, do ponto de vista temático e da diversidade de géneros cultivados para crianças e para adultos, e dirigiu, a partir de 1974, a coleção ASA Juvenil (Edições ASA). Nessa condição, foi responsável pela apresentação e divulgação de vários nomes e títulos significativos da escrita para os mais novos em Portugal – António Mota, Vergílio Alberto Vieira, Arsénio Mota, António Torrado, Álvaro Magalhães, Virgínia Mota, Leonel Neves, João Paulo Seara Cardoso, Madalena Gomes, José Jorge Letria, Maria Alberta Menéres, Luísa Ducla Soares, entre outros.
 

Autora de uma vasta e multifacetada obra (dirigida a crianças e jovens, mas também a adultos), Ilse Losa trouxe, em particular para a literatura dirigida aos mais novos, e para a cultura em geral, uma renovação estética e ideológica merecedora de reflexão.

 

FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA

Director · Isabel Craveiro
Cast · João Santos, Margarida Sousa e Sofia Coelho
Scene and Costume Design · Filipa Malva
Desenho de Luz . Jonathan Azevedo
Illustration · Ana Maria Biscaia
Sound Design · Pedro Fonseca/Colectivo AC
Graphic Design · Paul Hardman
Photography · Carlos Gomes
Production Director · Isabel Craveiro
Scenery Construction · José Baltazar
Seamstress · Fernanda Gonzaga Tomás
Hair · Carlos Gago, Ilídio Design Cabeleireiros
Production Director · Isabel Craveiro
Executive Producer · Mariana Pereira
Montagem e Operação de Luz e Som · Jonathan de Azevedo e Nuno Pompeu
Interpretação em Língua Gestual Portuguesa · Andreia Esteves; Luísa Gonçalves; Rafaela Cota Silva; Pedro Oliveira (Intérpretes), Ana Francisco, Dalila Reis, Marta Ochoa (alunos do 3º ano da licenciatura em Língua Gestual Portuguesa da ESEC)
Espetáculo para maiores de 6 anos
Duração: 50 min

Teatrão 2021

 

Galeria de Fotos (Carlos Gomes)

 

 

 

Consulte Plano de Contigência COVID-19 da OMT