When:
6 October, 2021 @ 8:58 – 9:58
2021-10-06T08:58:00+01:00
2021-10-06T09:58:00+01:00


PROGRAMAÇÃO TEATRO
 
ILHA DE MOREL
 
TEATROMOSCA
16 e 17 dezembro – sex – 19h e sáb – 21h30
Sala Grande OMT
M12
 

Informações e Reservas:
239 714 013
912 511 302
info@oteatrao.com

A ILHA DE MOREL – TEATROMOSCA

 

O poeta mexicano Octavio Paz terá escrito que “A Invenção de Morel”, editado pelo escritor argentino Adolfo Bioy Casares em 1940, “podia muito bem ser descrito, sem exageros, como um romance perfeito”; e Jorge Luis Borges assegurou mesmo que “classificá-lo como perfeito não seria nem uma imprecisão, nem uma hipérbole.”
 
A narrativa inicia-se quando um fugitivo chega a uma ilha remota que julga deserta, acabando por perceber que não se encontra sozinho. Escondendo-se no interior da floresta, começa por escutar vozes e melodias, espia os intrusos, para quem parece ser invisível, e testemunha as suas bizarras rotinas, acabando por apaixonar-se por um estranho ser feminino, perdendo-se entre a alucinação e a realidade. Inspirado pelo mais celebrado dos romances do escritor argentino Adolfo Bioy Casares, Fernando Guerreiro, poeta, editor e académico, cria um texto original para o teatromosca, uma reflexão sobre a imortalidade, as fronteiras do real e as múltiplas ligações entre o Cinema, a Literatura e as Artes Performativas.
 
O espetáculo, dirigido por Pedro Alves, com banda sonora original de Surma, dará sequência ao trabalho mais recente da companhia em torno da fusão entre as linguagens cinematográficas e as teatrais, depois de “Ned Kelly”, “Estúdio: Flores” (2020) ou “Maridos” (2021), servindo-se de longas sequências em vídeo que interligam imagens pré gravadas com filmagens em tempo real; jogando com a multiplicidade de planos; ruturas da linearidade narrativa, claramente, sob influência do cinema da Nouvelle Vague; e locução ou narração descorporalizada.
 
de Fernando Guerreiro
inspirado no romance de Adolfo Bioy Casares
encenação de Pedro Alves
com banda sonora original de Surma