Quando:
6 Outubro, 2021@8:58_9:58
2021-10-06T08:58:00+01:00
2021-10-06T09:58:00+01:00


Criação TIME
Direção: Aldara Bizarro
Maiores de 14 anos
 
Atividades Paralelas
– Oficina Dançar o Tempo – 4, 11, 18 e 25 março – 17h
Maiores de 14 anos
– Encontro Programadores – 27 março
– Fórum Jovens Críticos – 27 março
 
Informações: 239 714 013 (Chamada para a rede fixa nacional)
912 511 302 (Chamada para a rede móvel nacional)
info@oteatrao.com

TIME

 
TIME, é uma peça de dança para adolescentes, criada para três atores, em torno do tema “tempo”, como resposta ao desafio de criação de se trabalhar, a ideia de utopia e de mudança. Desde a antiguidade que a natureza do tempo se apresenta como uma das maiores questões filosóficas, quer pela tentativa de compreender a sua linearidade, passado, presente e futuro, quer pela sua subjetividade, uma vez que é interpretado por cada um de maneira diferente, sendo muitas vezes essa interpretação influenciada pela situação que se vive em determinado momento. Há um ponto em que muitos teóricos estão de acordo: o tempo tal como é experienciado durante a vida dos humanos, é irreversível. Também há um ponto que parece suscitar alguma preocupação, que é o tempo tal e qual como o vivemos na atualidade, não corresponde às necessidades da humanidade, nem do planeta, uma vez que se vive apressadamente, desrespeitando os tempos biológicos do corpo, e os tempos da natureza, que lhe são inerentes, e que regulam o próprio tempo, como a estações do ano, os tempos de crescimento das árvores e das sementes, o tempo de amadurecimento das plantas, da recuperação da terra, etc., tornando a vida muito difícil de ser vivida.
Nesta peça, que utiliza a linguagem subjetiva da dança, vai-se procurar responder a algumas destas grandes questões, recorrendo como inspiração à escrita de filósofos e de obras literárias, cruzando com informação empírica que se recolhe através de entrevistas realizadas a pessoas que têm um conhecimento do tempo, porque trabalham a terra e estão regularmente muito próximos da natureza e do seu funcionamento. Será no confronto destes vários mundos, em cruzamento com uma equipa artisticamente bem apetrechada em diálogo com a filosofia, e recorrendo a metodologias de criação de dança, que se desenvolve o espetáculo.

 

PROGRAMAÇÃO PARALELA

Oficina Dançar o Tempo

A criação do espetáculo TIME dará origem a um modelo de exploração da ideia de “tempo” numa oficina de movimento para jovens. Criada por Aldara Bizarro terá como público-alvo jovens entre os 14 e 17 anos da cidade de Coimbra e acompanhará, sempre que possível, a circulação do espetáculo.
 

Encontro Programadores para públicos adolescentes– 27 março

Encontro de programadores para públicos adolescentes A propósito da estreia de TIME, organizaremos um encontro entre programadores da RTCP com o grande objetivo de promover uma discussão sobre a programação cultural para estes públicos, que neste encontro se devem fazer ouvir sobre como se relacionam com a atividade artística e a programação dos teatros. Em linha direta, programadores e jovens terão uma oportunidade para debater ideias e possibilidades de tornar a programação para estas idades uma aposta apoiada nas vontades e necessidades discutidas.
 

Fórum de Jovens Críticos

Pretende-se, no âmbito da atividade pedagógica, diretamente alinhada com os restantes programas para público adolescentes na companhia, criar um grupo de jovens críticos, que acompanha a programação teatral para a juventude do Teatrão, ao longo do quadriénio 2023/2026, com o objetivo de discutir, analisar e criticar o trabalho desenvolvido. Ao longo deste período de formação, que se inicia com o acompanhamento da criação TIME e com a sua equipa artística e científica, iremos desenvolver ações que promovam a discussão entre artistas e os jovens participantes, procurando estimular o seu olhar crítico, bem como auscultá-los, no sentido de perceber o que procuram e o que esperam ter no futuro, no campo da fruição das artes performativas. O Fórum de Jovens Críticos é, assim, um espaço de liberdade, de discussão, de formação, que promove a relação direta entre arte e pensamento. Coloca em relação jovens com diferentes experiências e níveis de participação em atividades culturais que apesar de participarem em atividades artísticas (oficinas, workshops, clubes) não têm ativada, em muitos casos, a sua condição de espetadores, ou seja, podem fazer mas veem pouco teatro, pouca dança, poucas exposições. É criado também tendo em vista a produção concreta de um manifesto sobre a importância da criação artística para a juventude e a sua disseminação contribuirá para fortalecer a necessidade de maior investimento nesta área. Este trabalho, que se desenvolve de forma contínua e em relação com parceiros internacionais com projetos congéneres, servir-se-á de uma plataforma digital para facilitar a comunicação entre os jovens participantes, o acompanhamento académico e o tratamento e disseminação dos materiais produzidos, tendo em vista a sua partilha por públicos jovens, apelando ao seu comentário e participação.
Parcerias: Theater Strahl (Berlim), Gaflaraleikhúsið (Hafnarfjörður – Islândia), Caravane d’Art (Chauny- França)