Quando:
6 Outubro, 2021@8:58_9:58
2021-10-06T08:58:00+01:00
2021-10-06T09:58:00+01:00


Residência Artística
Cocriação – Asta Teatro, Baal 17, D’Orfeu, Teatrão
20 de fevereiro a 3 de março
Ensaio aberto à comunidade – 5 mar
 
Criação do âmbito da Descampado
 
Informações: 239 714 013 (Chamada para a rede fixa nacional)
912 511 302 (Chamada para a rede móvel nacional)
info@oteatrao.com

REVOLUTION (TÍTULO PROVISÓRIO)

 
“Revolution (título provisório)” é o título definitivo de uma cocriação entre 4 estruturas profissionais de artes performativas, fixadas na Região Centro e Alentejo, celebrando os 50 anos da revolução portuguesa do 25 de abril.
16 intérpretes, atores e músicos, sobem ao palco para trabalhar artisticamente num projeto que pretende revolver os problemas das democracias atuais. E “revolver” começou por ser, precisamente, o título provisório original deste espetáculo, o que explica o facto de boa parte da documentação reunida, nomeadamente declarações de acolhimento, se referir dessa forma ao projeto.
A carga irónica do título pretende ser sugestiva, sobretudo, da ideia de uma revolução por consumar. É comum a tese, à luz dos dias de hoje, de que a nossa revolução acabou por não trazer os frutos desejados. Começa a falhar a esperança, é um facto. E tratar como provisório, afinal, o grande momento que foi o 25 de abril é porque talvez não seja necessária uma revolução hoje em dia, ou talvez não seja possível, ou as reformas que as democracias contemporâneas necessitam não se circunscrevam no termo revolução. Ainda assim, caso a solução seja uma revolução, ela jamais voltará a ser só e orgulhosamente portuguesa. Anunciamo-la em inglês solene, pois que a nova revolução desejável e necessária será já global.
Apoiando-se, como inspiração, no trabalho filosófico de Daniel Innerarity, “Revolution – (título provisório)” pretende refletir artisticamente sobre o exercício das democracias atuais que, num mundo acelerado e regulado por ciclos políticos sem reformas estruturantes, inibem a ideia de futuro.

 

Foto: ©FabriceZiegler